Escova Progressiva – Entenda tudo sobre ela

Se você é adepta da escova progressiva, gostaria de fazer, ou quer apenas se informar sobre o assunto, veja aqui as respostas das principais dúvidas sobre o assunto.

Atualmente existem diversos tipos de escova progressiva no mercado, que cobrem os mais diferentes tipos de necessidade. Ela pode ser feita em qualquer tipo de cabelo, e tem como função alisar e tirar o volume e frizz do cabelo.

Os cuidados para fazer a escova progressiva são apenas em se certificar de que seu cabelo não possui químicas anteriores, ou que as químicas existentes em seu cabelo não irão afetar o resultado, ou que, em conjunto, elas não quebrarão seu cabelo.

Geralmente a escova é refeita a cada três meses, pois é tempo suficiente para que a raiz de seu cabelo cresça e a porcentagem de efeito já tenha sido reduzida o suficiente para que o resultado não esteja mais tão bonito quanto deveria.

Desde quando a ANVISA decretou que o formol somente poderia ser usado em produtos de alisamento em quantidades iguais ou inferiores a 0,2%, diversos salões do país substituíram os produtos que possuíam esse componente por outros, que tivessem uma proposta semelhante, como o óxido acetamide.

Esse componente permite, inclusive, que você saia do salão com os cabelos já lavados. O princípio ativo é misturado ao creme que irá ser aplicado no cabelo, e é esse creme que dará o nome a escova progressiva que será feita.

Escova Progressiva –  conheça os diferentes tipos

Escova Inteligente (ou Zap)

escova-progressiva-zap

Pode possui 0,2% de formol ou óxido acetamide em sua composição, além da queratina líquida, proteínas, minerais. A queratina auxilia na selagem, e o formol ou o óxido garantem o alisamento.

A selagem realizada diminui o frizz e ajuda a recuperar as pontas duplas. Não deixa um resultado totalmente liso, e sim um caimento mais natural, por esse motivo, é uma escova progressiva recomendada para cabelos mais lisos e com volume, já que cabelos mais ondulados e cacheados podem não obter um resultado tão bom.

O efeito da escova vai diminuindo com o decorrer do tempo, o que torna necessário um retoque a cada quatro a seis meses. Cada aplicação deixa o fio mais liso e fino, o que facilita para que o resultado seja cada vez melhor, mas com isso o cabelo também irá perdendo a massa, o que pode deixa-lo mais frágil.

Escova de Chocolate

escova-americana

Pode ou não possuir formol em sua fórmula, além da queratina liquida, proteína da seda, extrato de cacau, cafeína e ácidos graxos. A versão da escova que contém o formol realiza o alisamento de fato, enquanto que a sua versão sem o formol tem uma função mais hidro-nutritiva (realiza hidratação e nutrição ao mesmo tempo), e dá efeito em cabelos levemente ondulados, no máximo. A duração dessa escova progressiva é de até dois meses.

Escova Marroquina

 

Possui em sua formulação argila branca, óleo de cacau do Marrocos e 0,2% de formol. Possui um efeito maravilhoso, já que além de alisar seus fios, os hidrata e nutre, enquanto a queratina presente na fórmula reduz as pontas duplas e prepara o cabelo para uma maior durabilidade no tratamento.

Como é um tratamento mais potente, antes de ser feito o seu cabelo deve ser avaliado por um profissional para evitar uma fragilização do cabelo. É ideal para cabelos mais ressecados, pois além de alisar oferecerá uma boa hidratação.

Também é recomendado para cabelos volumosos, quebradiços, ressecados, com a textura de ondulados a cacheados. Sua duração é de três a cinco meses, com a manutenção em dia.

Escova de açúcar, Escova de frutas (todas as escovas com “sabores”)

Possui em sua formulação ácido de frutas, proteínas, etanolamina e queratina. Nutre e alisa os fios, mesmo que não tenha formol em sua composição, graças a etanolamina.

Para preparar o cabelo, antes da aplicação ele deverá ser lavado com um shampoo antiresíduo, e só depois disso é que será aplicado o creme que deverá permanecer no cabelo por 3 dias.

Período esse em que o cabelo não poderá ser lavado ou preso. A duração média dessa escova progressiva é de três meses, e é indicado para cabelos volumosos e ressecados.

Escova Americana

O principal composto dessa escova progressiva é a guanidina. É ideal para pessoas que buscam um cabelo com efeito mais solto e natural, que querem uma alternativa onde seus cabelos encaracolados, cacheados ou que possuem muito volume não detenham um aspecto de cabelo alisado.

Como o responsável pela ação do produto é a guanidina, pessoas que já possuam processos químicos que envolvam amônia, henê, tiogicolatos ou hidróxido de sódio devem evita-lo, mas em caso de dúvidas, é sempre bom procurar um profissional, que possa lhe responder quais procedimentos podem ser feitos em seu cabelo.

Escova Progressiva (propriamente dita)

Esse tipo de escova progressiva promete um resultado gradual, que vai melhorando cada vez mais a cada aplicação que é feita no cabelo. Não possui ativos tão fortes como as escovas progressivas com efeito definitivo, então, se você saiu de uma escova com os cabelos extremamente liso e esticado, desde as primeiras aplicações, certifique-se de qual procedimento está sendo utilizado em seu cabelo.

Tem uma duração de 30 a 40 lavagens, ou seja, de mais ou menos 3 meses. Existem algumas medidas que devem ser tomadas antes da realização desse processo, por exemplo, pessoas que costumam tingir os cabelos deverão fazer isso por volta de 15 dias antes da realização de sua escova progressiva.

Também deverá ser feita uma análise por um cabelereiro profissional, antes de se decidir se essa é a melhor opção para o seu cabelo, baseado na análise que o profissional poderá realizar de maneira mais detalhada.

Caso o seu cabelo esteja muito danificado, é provável que você necessite passar por um processo de recuperação antes de realizar o procedimento.

Não é procedimento onde o cabelo poderá ser lavado no mesmo dia, é necessário que haja uma pausa de ao menos 48horas antes que o mesmo seja lavado. Também recomendado que não se prenda o cabelo durante os primeiros dias de ação do produto, pois poderá deixar o cabelo marcado.

Escova Progressiva Definitiva

Possui esse nome pois a sua formulação faz com que seu efeito não saia do cabelo, apenas com o seu crescimento. A escova progressiva definitiva também pode ser conhecida como escova permanente, alisamento japonês, reestruturação térmica, entre outros nomes, e promete um efeito mais do que as escovas progressivas que não alteram a estrutura dos fios de maneira tão profunda.

Como sua ação é na estrutura interna de seus fios, seu cabelo precisará estar saudável e será necessário um cabelereiro que possua um bom domínio da técnica da aplicação.

Seu retoque pode ser feito a cada seis meses (recomendado) e possui um processo um pouco mais longo chegando a durar de 3 a 4 horas em cabelos mais longos.

Antes da realização desse procedimento é essencial que se passe por uma análise com um profissional, para se assegurar de que será possível, sem a quebra dos fios.

Quem tem o cabelo crespo, ou extremamente volumoso, deve considerar a possibilidade de realizar um relaxamento antes desse processo, pois, a medida que o cabelo for crescendo, ele se manterá na textura original, o que dará uma grande diferença de texturas e um resultado não tão positivo.

Agora você já conhece diversos tipos de escova progressiva disponíveis no mercado, poderá optar por qual a melhor para você. É importante se lembrar que, independente do processo que você escolha, um profissional precisará avaliar a saúde de seu cabelo, com o intuito de verificar quais processos químicos seu cabelo aguenta, se não haverá um conflito, caso você já faça uso de algum, para evitar problemas como o corte químico, que é uma quebra na estrutura dos fios, que oferece como resultado uma quebra efetiva e a queda das partes do cabelo afetados por isso.

Por esse motivo é sempre importante solicitar um teste de mechas, para observar o comportamento de seu cabelo perante cada processo químico. Pois mesmo que você faça a opção correta de escova progressiva para o seu cabelo, e que ela prometa resultados incríveis, o processo poderá ser todo perdido caso não haja uma estrutura resistente para suportá-lo.

Mesmo com toda a onda de cabelos cacheados e naturais, ainda é comum observar mulheres que preferem manter suas madeixas alisadas, pois se habituaram a essa sensação e não se sentem mais confortáveis sem ela. É por esse motivo que a escova progressiva vem ganhando tantas variações, pois é necessário que ela se encaixe perfeitamente a necessidade e vontade da cliente.

Isso tudo de modo que os fios não se quebrem e permaneçam saudáveis e bonitos, pois de nada adiantará realizar uma química que não ofereça os melhores resultados.

Escova Progressiva – Saiba mais

Você agora conhece as principais características dos principais tipos de escova progressiva, poderá fazer a escolha por aquela que melhor se adapta a sua necessidade, ou a sua vontade, então procure o seu cabeleireiro, peça uma análise da sua saúde capilar e aproveite para fazer a sua da maneira maus segura possível, com o melhor resultado que você poderá esperar.